[:en]Netherlands – Part 1[:pt]Holanda – parte 1 [:]

[:en]Ahh … Netherlands!
Bicycles, canals, boats, tulips, windmills … and for us that are envolved with birth is the home birth land!
We were in Holland a few days enjoying this beautiful city and met with midwives and beautiful families!
Netherlands is located in the North Sea between Germany and Belgium. The population is almost 17 million inhabitants. The language spoken is Dutch, but most people speak English too. Dutch midwife is Vroedvrouw, which means wise woman.
DSC03437
The birth system in the Netherlands has always been a reference for many people. Midwives in this country have maintained their profession and birth is still seeing as a natural process.
The German poet Heinrich Heine said: “When the world comes to an end, I must go to Holland, because everything there happens 50 years later.”
For me, the Netherlands ahead. From the birth system that was wisely kept, despite all contrary motion. The use of bicycle as a transport to go everywhere, replacing many cars, pollution, traffic, expense and stress…
DSC03410
We were in Amsterdam and we also stayed in Bloomendal in Laura’s house, a beautiful sister midwife. I had stayed with her last year when I visited the Netehlands.
DSC03457
I remember Hilda van Deth-Veltman (Laura’s mother) telling me that she had to wash everything very carefully before placing the containers in trash, because imagine the work that the people who work with waste would have to wash and separate everything? It’s the least I could do!
I asked Hilda about her births. She had four children at home with a midwife, just as everybody has. It is a normal process, if the woman is healthy, why would someone go to the hospital? Now, if you are sick then there is the hospital avaliable.
It’s amazing how Dutch see birth naturally! Cesarean section? Nobody wants to do surgery! Unless it is really necessary!

In the next post you can read more about the Duth midwifery system.

 

Afin d’aider notre futur mariée à avoir un mariage splendide dans la plupart des belles robes de mariée 2014 en ligne, belle fait toute attention à chaque pas. Nous trions les robes en différents styles, couleurs, longueurs, tissus, saisons et occasions. Avec un si grand nombre de choix, vous serez rassuré de savoir ce que vous voulez le plus. Pour ceux qui ont du budget serré, faites vos achats de robes en diverses occasions ici, c’est de bénéficier d’un meilleur rapport qualité/prix. belle vous promet une bonne qualité de chaque article desrobes de mariée.[:pt]Ahh… Holanda!
Bicicletas, canais, barcos, tulipas, moinhos de vento… e para nós que estamos engajadas com o parto humanizado é a terra do parto domiciliar!
DSC03316
Ficamos na Holanda alguns dias desfrutando dessa linda cidade e encontramos com com parteiras e famílias lindas!
A Holanda está localizada no mar norte entre a Alemanha e Bélgica. A população é de quase 17 milhões de habitantes. A língua falada é o Holandês, sorte nossa que a maioria fala inglês também. Parteira em holandês é Vroedvrouw, que significa mulher sábia.
DSC03437
O modelo de parto na Holanda sempre foi referência para muitas pessoas. Nesse país as parteiras mantiveram sua profissão e o parto ainda é visto como um processo natural.
O poeta Alemão Heinrich Heine disse: “Quando o mundo chegar ao fim, eu devo ir para Holanda, pois tudo lá acontece 50 anos depois”.
Para mim a Holanda está láá na frente. Desde o sistema de parto que foi sabiamente mantido, apesar de todo movimento contrário. As tão usadas bicicletas para se locomover , substituindo muitos carros, poluição, tráfico, gastos e stress ….
DSC03410
Nós ficamos em Amsterdam e também ficamos em Bloomendal na casa da Laura, uma parteira irmã linda (já a conhecia desde início do ano passado quando visitei a Holanda).
DSC03457
Lembro a mãe da Laura me falando que ela tinha que lavar tudo muito bem antes de colocar embalagens no lixo, senão imagina o trabalho que as pessoas que trabalham com o lixo iriam ter para lavar e separar tudo? É o mínimo que eu podia fazer!
Eu perguntei para mãe da Laura como foram seus partos. Ela teve os 4 filhos em casa com parteira, e foi tudo tranqüilo. É um processo normal, se a mulher está saudável, porque alguém iria para o hospital? Agora, se você está doente aí existe o hospital.
É incrível como os holandeses vêem o parto com naturalidade! Cesariana? Ninguém quer fazer uma cirurgia! A não ser que for extremamente necessário!

No próximo post você vai saber mais sobre o sistema de parto Holandês, fique ligado!
[:]

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *