Sharing Compartilhando

We left Aachen and went to Colon in the morning. We stayed with Jana Schwabe, who is also a young midwife, and works at a hospital in the city. We had breakfest and talked about… guess? One chance … yes, Birth!
Interestingly, when I say that I am a midwife in Brazil all midwives look at me and say: – oh … the leading country in c-section or oh… you have lot’s of c-sections there. While they do a cutting motion in the abdomen … this is the image that comes to their mind, not the samba or football! And some say: Isn’t the rate of c-section at 90% there? Several people have asked me that, but I explained that the rate is not at 90%. We have the total of 52% c-sections, public and private sector together. But in the private sector it is at 82% and in some hospitals the rates reach 90 to 100% of c-sections.
Jana, Birke and Leoni who is Birke’s daugther and was 5 years old at the time also traveled the world for nine months learning about birth in each culture!
After Colon we went to Liepzig and stayed with Birke and her beautiful daugther.
DSC03584
Na casa de Birke Heinrich - Alemanha
We exchanged so much!!!
We visited birth centers, hospitals, went with Birke to antenatal and postpartum visits and also to postpartum group.
In the next post you are going to read about birth in Germany!
Saímos de Aachen e fomos para Colônia e depois para Liepzig.
Chegamos e fomos para casa da Jana Schwabe, ela também é uma parteira mais nova, e com muita energia boa! Tomamos um café e conversamos sobre… adivinhe? Uma chance… Sim.. Parto!
O interessante é que quando eu falo que sou parteira no Brasil todas as parteiras já olham com uma expressão triste, ah… o país campeão de cesarianas ( fazendo um movimento de corte no abdômen) … essa é a imagem que vem na cabeça, não é o samba nem o futebol!
E algumas falam: -Lá o índice de cesariana é 90% né? Várias pessoas já me perguntaram isso, mas aí explico que não são 90% no total, são 52% juntando o setor público e privado. Mas no setor privado são 82% e em algumas maternidades os índices chegam a 90- 100%. Jana também viajou o mundo com sua amiga parteira Birke Heinrich e Leoni (filha de Birke de 5 anos) por 9 meses conhecendo a cultura de parto em cada pais!
Depois de Colonia fomos para Liepzig onde ficamos na casa da parteira Birke e de sua filha linda! Fizemos muitas trocas boas!
Na casa de Birke Heinrich - Alemanha
DSC03584
Visitamos casas de parto, hospitais e acompanhei Birke em algumas visitas pré natais e pós parto e também um grupo de pós parto.
Confira no próximo post sobre o parto na Alemanha!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *