Dubai – United Arab EmiratesDubai – Emirados Árabes Unidos

From Europe we would go to Australia, but we had to stop in Dubai to connect, so we decided to stay three days before proceeding to the next stop. We arrived in Dubai after 10 hour flight from Frankfurt, exhausted from having been unable to sleep, since it was a day time in our biological clock during the flight and arrived in Dubai early morning, time to be in bed.
DSC04431
DSC04435
We had to buy our visas and make an eye scanner to be able to go in the country. Separate lines for men and women to do the scan. The feminine line was almost empty while the masculine was very long! I did the scanner and the only thing the arabian man that was doing the scan asked was if I was married. I told him yes and he let me go. Enrico was still in the line and I went exchage U.S. dollars for AED ($ 1 = 3.50 AED). I was there and soon enough the arabian men from the scanner went there to ask me where was my husband. I told him he was in the male line. He made me go in line and call Enrico to confirm I was not by myself! After paying some more taxes we entered in Dubai.
Dubai is one of the seven emirates and the most populous city in the United Arab Emirates (UAE) with approximately 2,262,000 inhabitants. It is located along the southern coast of the Persian Gulf on the Arabian Peninsula in Asia. It is known that many of the ancient cities in the area were trading centers between the Eastern and Western worlds.1
DSC04419
DSC04411
The Emirate’s revenues are from tourism, trade, real estate and financial services. Revenues from oil and natural gas contribute less than 6%. 1
600px-Dubaiworld_ast_2009036_lrg
Dubai is known worldwide for being extremely modern, “futuristic”, with its huge buildings and wide avenues. It has the world’s tallest building (Burj Khalifa), with over 800 meters tall, the world’s largest mall Dubai Mall), the largest island built by man (Palm Island) and the greatest show of dancing waters. It attracts tourists from around the world to exercise their power of consumerism. It looks more like a fantasy city … entire city built on top of the desert!
DSC04301
DSC04353
DSC04310
There are the private and public health care, but even in the public is payed, but has lower fees. Government Hospital (public) with a health card you pay low fees for care and delivery. There is extra charges if there are Complications and / or you choose to have a private room.1
If you have private medical insurance (Which includes pregnancy) or lots of money, then you can try one of the private hospitals. Delivery fees: AED 5,000 for natural births, and AED 8,000 for c- section. For those not holding a UAE health card the prize is double. Private hospital fees ranged from AED 6,000 to AED 25,000.2
If the woman it not married and get pregnant in Dubai, she’ll be in a bit of trouble. There are many cases of unmarried mothers in Dubai ending up in jail (with their baby) after delivery, followed by deportation on completion of their sentence, because giving birth out of wedlock is a crime in the UAE. Rather than end up in that situation, the woman can either leave the country and go to her home country, or get a wedding organised in a hurry.2
Soon I will be posting about the Interview with a doula in Dubai.

Rates – UAE
Birth Rate: 15.87 births/1,000 population (2011 est.)
Neonatal Mortality: 4,3 / 1.000 live births (2009)
Infant Mortality: 11.94 deaths/1,000 live births
Maternal Mortality – 10 deaths/100,000 live births (2008)
C-Section: 9,7 % in 1995 (Didn’t find a Actual Number, but it is on rise)

1- Wikipédia. Avaliable at < http://pt.wikipedia.org/wiki/Dubai> acess in Dez, 2011
2- Avaliable at: < http://www.dubaifaqs.com/pregnant-in-dubai.php> acess in Dez, 2011
Da Europa iríamos para Austrália, mas como teríamos que parar em Dubai para fazer conexão, decidimos ficar 3 dias antes de seguir para o próximo rumo. Chegamos em Dubai depois de 10 horas de vôo de Frankfurt, exaustos por não termos conseguido dormir, uma vez que era dia para nós durante o vôo e chegamos 5 da manhã em Dubai, hora de estarmos dormindo.
DSC04431
DSC04435
Tivemos que comprar nosso visto para poder entrar e também fazer um scaner nos olhos. Filas separadas para homem e mulher, sendo que a fila feminina estava super vazia e a masculina uma fila enorme! Entrei na fila, fiz o scaner e a única coisa que o moço que estava fazendo o scaner perguntou é se eu era casada. Falei que sim e ele me deixou. Como saí muito antes do Enrico fui trocar dólar por dhs (1 dolar = 3,50 dirham – AED). Estava lá na fila e daqui a pouco chega o funcionário do scaner, perguntando onde estava meu marido. Eu falei que ele estava na fila masculina. Ele me fez ir lá na fila e chamar o Enrico para confirmar que eu estava com ele! Ai depois de pagar mais algumas taxas entramos em Dubai.
Dubai é um dos sete emirados e a cidade mais populosa dos Emirados Árabes Unidos (EAU) com aproximadamente 2.262.000 habitantes. Está localizado ao longo da costa sul do Golfo Pérsico na Península Arábica na Ásia. Sabe-se que muitas das cidades antigas na área eram centros de comércio entre os mundos Oriental e Ocidental.1
DSC04419
DSC04411
A receita do emirado é proveniente do turismo, comércio, setor imobiliário e serviços financeiros. As receitas de petróleo e gás natural contribuem com menos de 6%.1
600px-Dubaiworld_ast_2009036_lrg
Dubai é conhecida mundialmente por ser extremamente moderna, “futurista”, com seus enormes prédios e largas avenidas. Abriga o maior prédio do mundo (Burj Khalifa), com mais de 800 metros de altura, o maior shopping do mundo Dubai Mall), a maior ilha contruida pelo homem (Palm Island) e o maior show de águas dançantes. Atrai turistas do mundo inteiro para exercitarem seu poder de consumismo. Parece mais uma cidade fantasia… toda cidade construída em cima do deserto!
DSC04301
DSC04353
DSC04310
Existe o sistema público e privado de saúde, ambos pagos, mas o público tem taxas mais baixas. Existe o Hospital do Governo que com o seguro de saúde paga-se taxas baixas para o cuidado durante o parto. Mas há taxas extras se houverem complicações ou por um quarto privado. 2
Se você tem um seguro de saúde privado ( que inclua gestação) ou muito dinheiro você pode parir no hospital privado. Taxas para o parto: AED 5,000 por parto normal e AED 8,000 por cesareana. Se você não tem seguro o preço é dobrado. As taxas pelo uso do hospital privado são de AED 6,000 à AED 25,000.2
Se você não for casado e engravidar em Dubai, você terá problemas. Há muitos casos de mães solteiras em Dubai acabar na prisão (com seu bebê) após o parto, seguido de deportação em conclusão de sua sentença, porque o parto fora do casamento é um crime nos Emirados Árabes Unidos. Ao invés de acabar nessa situação, a mulher deve deixar o país e ir para o seu país de origem ou obter um casamento organizado em uma pressa.2
Logo escrevei sobre a entrevista com uma linda Doula em Dubai.

Índice – EAU
Natalidade : 15.87 births/1,000 population (2011 est.)
Mortalidade Neonatal: 4,3 / 1.000 live births (2009)
Mortalidade infantil: 11.94 deaths/1,000 live births
Mortalidade Materna – 10 deaths/100,000 live births (2008)
C-Section: 9,7 % em 1995 (Não encontrei um número atual, mas está aumentando muito)

1- Wikipédia. Disponível em < http://pt.wikipedia.org/wiki/Dubai> acesso em dezembro de 2011
2- Disponível em: < http://www.dubaifaqs.com/pregnant-in-dubai.php> acesso em Dez de 2011

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *